Domingo, 21/10/18

Informações Técnicas / O que é Cor ?

O que é Cor ?

O que é Cor

A cor é luz, energia. Traz em sua substância o poder de renovar, embelezar, gerar bem-estar.

Não é por outro motivo que a escolha das cores reflete sempre um estilo de vida.

Usadas com equilíbrio e bom gosto são, como disse Picasso, um dos mais versáteis instrumentos à disposição de quem almeja o belo. Talvez por isso, a tendência mundial aponte hoje para o uso de cores variadas e intensas em moradias, prédios, cidades.

Está decretado o fim da frieza dos espaços urbanos. Essa tendência deve-se em grande parte à indústria de tintas que, cada vez mais, oferece novos produtos para novas aplicações, acabamentos e texturas.

A cor e o espaço

A cor altera a percepção de distância, volume e peso. Uma parede escura parece mais próxima. Um objeto branco parece maior. As cores escuras, ao contrário, “diminuem” o volume.

As pessoas atribuem pesos diferentes ao mesmo objeto pintado com cores diferentes: um abajur branco parecerá mais leve que um abajur de cor escura.

As combinações de tons servem para criar efeitos, como diminuir um ambiente para torná-lo mais aconchegante ou “ampliar” espaços apertados.

Pode-se aumentar visualmente um ambiente com tons neutros ou amarelos bem claros nas paredes.

É possível “rebaixar” um teto muito alto com um tom mais escuro que o das paredes.

Para “elevar” o teto, basta pintá-lo numa cor mais clara. Para dar a sensação de que um corredor é mais largo, é só pintar o teto numa cor mais escura que a das paredes.

Cores quentes deixam o ambiente mais aconchegante.

A cor e a luz

Após se determinar o uso que o ambiente terá, a luz é o elemento mais importante quando se pinta uma área externa ou interna.

Alguns de nós entendemos o princípio que algumas cores são "quentes" (vermelho, amarelo, laranja, etc) e outras "frias" (verde, azul, violeta, etc).

Os ambientes mais escuros com pouca incidência de luz solar necessitam de uma cor mais "quente", por outro lado àqueles ambientes que recebem luz solar freqüentemente pode-se usar cores mais frias sem correr risco de deixa-lo muito frio ou pouco aconchegante.

A luz do sol é incolor. As cores do espectro só aparecem quando se separam através de um prisma. Contudo a luz da manhã tende a apresentar uma tonalidade mais amarelada dependendo da quantidade de pó existente na atmosfera. As maiorias dos tipos de luzes artificiais, com exceção das lâmpadas que reproduzem a luz natural, são de tonalidade amarelada.

Na maioria dos casos, a luz fluorescente atua fortemente no detrimento da cor e do ambiente, e alterará acentuadamente a percepção nesta moradia. Em geral os tons "pastéis" tendem a ser a escolha mais segura na maioria das condições de iluminação. Contudo quando se pretende filtrar a luz natural com persianas ou cortinas pesadas e ter como base a luz artificial, o mais apropriado talvez seja o uso de uma cor mais escura.

Após a escolha das cores mediante a cartela de cores que servem para se ter uma noção da cor escolhida, comprove como estas cores se comportam com a luz do dia e durante a noite. Pinte uma superfície de pelo menos 60 cm2 diretamente sobre a parede ou sobre uma cartolina e observe o aspecto que oferece em todas as variações de condições de iluminação típicas da moradia. Geralmente, a lâmpada incandescente reproduz melhor a cor quente, enquanto as luzes fluorescentes ressaltam as frias.

Por exemplo, a cor vermelha (quente) apresenta tonalidade marrom se estiver sob uma luz fluorescente. Para clarear ambientes pequenos e pouco iluminados, recomenda-se a utilização de cores claras com tendência para o amarelo. Bons exemplos seriam o Pérola, o Marfim e o Palha porque são os tons que permitem uma melhor distribuição de luz.

Você sabia que toda lâmpada tem uma capacidade de reprodução de cor?

Essa capacidade é medida pelo Índice de Reprodução de Cor (IRC), que varia de 0 a 100. Quanto mais alto o IRC, maior a fidelidade da lâmpada em reproduzir cores. Geralmente o IRC aparece no corpo das lâmpadas em forma de código e varia de acordo com o fabricante. Para saber o valor do IRC é preciso solicitar um folheto técnico ao fabricante.

Fonte

TINTAS SUVINIL - Manual de Produtos e Aplicações Suvinil

Lar das Tintas - LTDA - Copyright ® 2006.
Rua Uranos 1097 / 1098 - Ramos - RJ
2290-1596 - 2270-0290
http://www.lardastintas.com.br
Valid XHTML Strict 1.0
Valid CSS 2
Valid Section 508